Dicas Úteis Online Dicas de Bancos Digitais

Dicas de Bancos Digitais

Tecnologia


Com a expansão das contas digitais oferecidas pelas fintechs, até mesmo alguns bancos começaram a correr atrás de oferecer um serviço equivalente para os seus clientes mais ligados à tecnologia, como o Bradesco, que lançou o banco Next.

Conheça as vantagens e desvantagens de cada um dos cinco maiores bancos digitais do Brasil.

O que é um banco digital?

Uma conta digital é uma conta bancária em que todas as operações são realizadas de forma digital, seja por um aplicativo específico, por email ou por serviços como o internet banking.

Isso permite que o usuário economize tempo e dinheiro, pois não precisa se deslocar para uma agência física e muitas vezes não é nem necessário contatar um atendente humano. A principal vantagem dessas contas é a ausência de taxas para a realização dos serviços, ou a presença de taxas consideravelmente mais baratos do que você encontrará em contas tradicionais.

Essas contas também costumam ser mais seguras, devido aos avanços na área de informática, contando com sistema de seguranças (como validação por itoken) para evitar golpes e outros tipos de ataque.

Como funciona uma conta digital?

Uma das principais vantagens na conta digital é que não é necessário se deslocar até uma agência bancária para fazer a abertura. Como as instituições responsáveis por essas contas são, em geral, fintechs, não existe uma sede física para atender os clientes. Todo o contato e abertura das contas é feita pelo próprio celular.

Ao baixar o aplicativo do banco em que você deseja criar sua conta digital, será pedido que você preencha seus dados e envie uma foto ou um PDF de alguns documentos, como RG e comprovante de endereço. A partir dessa etapa inicial, todo o processo continuará sendo feito pelo aplicativo e por email e em poucos dias (às vezes horas) você já estará com sua nova conta.

Aí está outra vantagem dessas contas, que é a praticidade que elas oferecem aos clientes para acessar os recursos de sua conta, tudo feito com poucos cliques e muita rapidez.

Quais bancos digitais existem no Brasil?

Existem vários bancos digitais oferecendo seus serviços atualmente no Brasil. Todos eles possuem uma estrutura semelhante, mas com alguns fatores que diferenciam cada um deles, como taxas específicas, seguros oferecidos, a presença ou não de cartões de crédito ligados à conta e outros diferenciais.

A facilidade de acesso dessas contas digitais permitem que o usuário tenha um melhor controle financeiro de sua conta, tudo a apenas um toque de um botão do seu celular.

Nós separamos alguns dos principais e mais populares bancos digitais do país, para você saber quais as vantagens e desvantagens de abrir uma conta em cada um deles.

NuConta

conta digital criada pelo NuBank, que ficou famoso por oferecer o cartão de crédito “roxinho” sem anuidade aos usuários, foi lançada em 2017 e ainda não está disponível para todos, mas a empresa promete aumentar cada vez mais a vagas para ter uma conta.

Entre os serviços disponíveis transferências por TED para outros bancos sem nenhuma taxa e o fato de que todo o dinheiro colocado na conta é investido em títulos públicos, com um rendimento baseado na taxa do Selic, que é hoje maior do que o rendimento das poupanças.

As desvantagens da NuConta ficam na escassez de outros recursos oferecidos para os usuários. Ainda não há a possibilidade de sacar dinheiro nem de realizar pagamento de boletos. As transferências bancárias também não podem ser agendadas e a única forma de depositar dinheiro na conta é por transferência bancária de outros bancos.

Taxas e tarifas: a NuConta não cobra tarifa nem taxas dos clientes para nenhum de seus serviços. A única coisa que a conta digital ganha do usuário é 1% dos investimentos conseguidos pela conta, com 99% deles voltando para o usuário.

Inter

banco Inter foi criado em 1994, em Minas Gerais, como Banco Intermedium. Em 2014 lançou sua conta digital, procurando revolucionar os serviços financeiros oferecidos aos consumidores até aquele momento. Hoje o banco cuida de mais de 230 mil contas.

Com a conta Inter é possível fazer transferências entre bancos, realizar saques ilimitados em bancos 24h, depósito de cheque por foto, depósito na conta por boleto bancário e pedir um cartão de débito MasterCard, além de oferecer opções de investimentos aos clientes, tudo isso sem nenhuma taxa ou tarifa.

Se você é um investidor ou usuário de Bitcoins, uma boa notícia é que o Inter também é o único banco digital com conta integrada ao Bitcoin. Isso significa que você pode realizar movimentações na conta diretamente com as moedas digitais.

Taxas e tarifas: nenhuma.

Banco Original

A conta digital do Banco Original foi criada em 2016 e é a única da lista que cobra uma mensalidade para a sua conta digital: são R$ 9,90 por mês durante o primeiro ano para ter acessa ao pacote de serviços ilimitados, podendo acessar os serviços disponíveis quantas vezes quiser sem precisar pagar taxas extras. Depois do primeiro ano, é necessário escolher um dos planos oferecidos pela instituição.

A conta oferece transferência TED para outros bancos, saque em caixas eletrônicos da rede 24 horas, emissão de extratos e o banco oferece também um limite de cheque especial, com taxa de juros de: 8,90% ao mês + IOF, em geral mais barata do que a de brancos renomados, como Banco do Brasil e Itaú.

Taxas e tarifas: taxa mensal de R$ 9,90 por mês durante o primeiro ano; após isso a taxa varia conforme o plano escolhido pelo cliente.

Neon

Neon foi criado em 2015, pela Controly, startup de cartões de crédito-pré-pagos, e lançou sua conta digital em 2016, mas não ofereces serviços totalmente gratuitos, como no caso da NuConta ou do Inter. Enquanto a primeira movimentação do mês é gratuita, as seguintes cobram uma taxa para sua realização.

Para criar a conta no banco, é necessário que o usuário faça um depósito inicial de R$ 100,00, mas o Neon não cobra nenhuma mensalidade ou anuidade. Os correntistas do banco também podem pedir um cartão de débito da bandeira Visa.

A partir da segunda transferência para outros bancos é cobrada uma taxa de R$3,50. Se você fizer também mais de um saque por mês será tarifado por R$6,90. Se você quiser ainda fazer mais de um deposito será cobrado R$2,90 por cada boleto gerado.

O Banco Neon tem passado por diversas mudanças nesses últimos tempos. No início do mês, o Banco Neon S.A. (antigo Banco Pottencial) encerrou suas operações, após um decreto do Banco Central, afetando as contas digitais do Neon Pagamentos, fintech ligada à instituição. Diversas funcionalidades das contas do Neon foram desativadas, mas estão voltando graças a uma parceria recente feita pela empresa.

O Banco Votorantim surgiu como novo parceiro da Neon Pagamentos para ajudar a colocar as operações da fintech de volta à ativa. No momento, a empresa já regularizou a maior parte de seus serviços, e deverá estar 100% em pouco tempo — confira a lista completa atualizada no site da Neon.

Next

Banco Next é a iniciativa do Bradesco para competir com os outros bancos digitais, com a conta sendo bastante recente no mercado: ela está em funcionamento desde junho de 2017. Diferente dos outros bancos, o Next cobra uma mensalidade que varia de R$ 9,95 a R$ 39,95 por mês, dependendo do plano escolhido (nos primeiros 5 meses não é cobrada a mensalidade do plano).

Apesar das taxas, os serviços são semelhantes aos outros bancos digitais. A abertura de conta no Next é feita totalmente pelo aplicativo, você pode utilizar a conta para pagar boletos, consultar sua fatura de cartão de crédito, realizar saque em caixas eletrônicos 24horas etc.

Taxas e tarifas: mensalidade que varia de R$ 9,95 a R$ 39,95 por mês, dependendo do plano escolhido.

Deixe um comentário